sábado, 19 de julho de 2014

[Mãe] Primeira consulta com o pediatra


Ola,

O assunto é pediatra, nos últimos dias de gravidez, agendei alguns pediatras para uns dias depois do nascimento do Leo, porém depois que o Leo nasceu, acabei levando ele em uma pediatra amiga da minha mãe.

Levamos o Leo ao pediatra 3 dias depois que saimos da maternidade, eu estava super ansiosa, queria levar logo para saber se estava tudo ok com ele e tirar milhares de duvidas, graças a Deus ele saiu super bem da maternidade, mas os 2 primeiros dias em casa começaram a surgir as dúvidas e inseguranças.

A primeira saída de casa com um bebê, foi super tranquilo.. Arrumamos a malinha dele, colocamos no bebe conforto no carro e lá fomos nós para o "primeiro passeio".. Deu tudo certo. Chegamos na pediatra e logo fomos atendidos, consulta que levou 1:30 foi ótimo, falamos de tudo, de amamentação, sono, banho, vacinas, e etc, ela fez todas as avaliações e tudo ok com nosso baby. A pediatra quis ver como era amamentação, dei o peito no consultorio para ver se a pegada estava correta, como colocamos para arrotar, e ele fez cocô foi bom que ela viu tudo, ate como trocamos a fralda dele.

Importante para primeira consulta é levar tudo o que te deram na maternidade, caderneta com os dados de nascimento do bebê, caderneta de vacinação, resultados de exames se houver.

terça-feira, 15 de julho de 2014

[Mãe] Iniciando a amamentação

Olá,

Minha experiência com a amamentação tem sido fantástica, percebo que cada dia mais meu filhote e eu estamos sintonizados, é incrível o que amamentação faz com uma mãe.

Na gravidez pesquisei sobre amamentação e o que mais me aterrorizava era o assunto dor, sempre quis amamentar e sempre quis que amamentação fosse exclusiva (pelo menos por enquanto estou conseguindo), nunca me atentei quanto a questão da "pega", tempo mamando, se deveria mamar um peito ou os dois... enfim.. pois sabia que isso aprenderia na maternidade, e cada lugar ou cada pediatra recomenda de uma forma diferente.

Ainda na maternidade, fiquei encucada, pois as enfermeiras não me deram o Leo logo para amamentar, e comecei a pedir, ai sim elas me ajudaram um monte, elas vinham de tempos em tempos tentar fazer ele mamar, se não me engano as 2 primeiras tentativas nao conseguimos, eu tinha o colostro, mas ele estava muito sonolento não acordava de jeito nenhum, as enfermeiras colocavam ele no meu colo a forma mais simples sentada e ele de barriga comigo e elas colocavam o bico do meu peito na boquinha dele para mostrar como era a pega correta, sozinha talvez eu teria demorado muito mais para conseguir.

Sim, doía demais o bico do peito, levei a pomada de lanolina e as conchas de amamentação para maternidade e foi o que me salvou. Dói demais, mas é só na hora que ele pega o peito, são 40 segundos de virar os olhos, mas depois passa. Ainda continuo passando a pomada e usando as conchas, as vezes dói um pouco, mas agora é suportável (ou já me acostumei).





Na maternidade me orientaram a dar de mama a cada 3 horas e 20 minutos cada peito, porém a pediatra orientou a cada 4 horas e no máximo 30 minutos em um peito só, sigo o que pediatra disse, porém o intervalo de 4 horas depende do Leo e da fome dele, as vezes conseguimos esse intervalo as vezes cai para 3 horas, e preciso deixar arrotar pelo menos uns 15 minutos, e mesmo se ele arrotar deve permanecer na posição para o leite descer melhor e não voltar.

As mamadas de madrugada tem sido por conta dele, a pediatra nos orientou a não acorda-lo de madrugada, sobre o sono vou falar em outro post.

Ainda estou aprendendo sobre a amamentação, preciso aprender a tirar o leite (tenho bomba elétrica e nunca usei), não deixar o leite vazar no sutiã e na roupa (estou fazendo teste), a dar de mama fora de casa e muitas outras coisas.

Bom, conforme for aprendendo, postarei as novas descobertas e experiências.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

[Mãe] Recuperação da Cesárea

Olá,

Continuando o assunto maternidade, vou falar um pouco sobre a recuperação do parto cesárea com base na minha experiência.

Depois que voltei da sala de recuperação para o quarto, já conseguia sentir as minhas pernas, porém eu estava com uma sonda (para fazer xixi), na verdade eu não sentia a sonda, essa sonda ficava "esvaziando" minha bexiga. Passei a noite com a sonda e sem levantar da cama. De manhã ou melhor de madrugada as enfermeiras vieram tiraram a sonda e me fizeram levantar para tomar banho, meu Deus o que foi aquilo, achei que nunca mais fosse andar, doía demais, tirar a sonda nem foi o problema, o ruim foi tomar banho, e descia um monte de sangue... Sensação bem ruim... E as enfermeiras falavam, agora você precisa andar para desinchar as barriga (eliminar gases), e eu pensava como vou andar se mal consigo me levantar da cama.

Eu só pensava como vou cuidar do meu filho, se mal consigo levantar ou me mexer na cama, tudo dói, mas aos poucos vai melhorando (depois de alguns dias), mas Deus colocou uma pessoa na minha vida que fez que eu sofresse menos com tudo isso... meu marido, ele me ajudou em tudo e continua me ajudando.

Fiz o que o médico e as enfermeiras pediram, andei, descansei, coloquei os pés para cima, ah esqueci de dizer que fiquei inchada demais, nem na gravidez eu fiquei tão inchada, andava no quarto e nos corredores do hospital me arrastando, mas tudo para ver se melhorava logo... O que ajudou melhorar a desinchar foram as fisioterapeutas que iam no quarto fazer uma drenagem nas minhas pernas. Sinceramente? Melhorou mesmo depois de 1 semana, agora depois de 18 dias que o Leo nasceu que me sinto apta a fazer quase tudo, ainda evito abaixar, pegar peso, para ficar logo 100%.

Se faria outro cesárea? Hoje com as lembranças recentes, não eu não faria... Mas daqui há alguns anos talvez eu não vou me lembre desse período tão curto de dores e faria outra cesárea.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

[Mãe] Nascimento do Leo

Olá,

Como eu já disse nos posts anteriores, sim cedi a cesárea... Vou escrever aqui como foi o grande dia.

Dia 26/06 chegou, quinta-feira, a cesárea estava marcada para as 18 horas, deveríamos estar no hospital as 16 horas, como eu disse perdi o sono obviamente por volta das 3 da manhã, mas consegui voltar a dormir um pouco afinal seria um dia longo. 

Tomei café 2x, pois a partir das 10 deveria fica em jejum, essa foi uma parte bem ruim, no fim da gravidez o que eu mais tinha era fome, bom mexemos nas malas, deixamos a casa organizada.. E lá pela 14 horas fomos para o hospital, pra mim ainda tudo era estranho ainda, pois eu não imaginava ir para a maternidade daquela forma, sem dor, sem nada.. Com hora marcada.

Chegamos no São Luiz rapidinho, sem trânsito, fizemos o "check in" e subimos para o quarto esperar começarem os processos, dos quais eu não tinha muito conhecimento, mal pesquisei sobre parto cesárea, mas ok, já estava lá. Guardamos as nossas coisas nos armários e esperamos, chegou um enfermeira e mediu com cardiococo, pressão, me deu a roupa do hospital e disse que as 17:30 eu devia estar pronta, quase chegando na hora apareceu o anestesista da equipe do meu médico, ele deu todas as instruções, como seria, e tentava me acalmar a todo momento.

Hora de ir para sala de parto, meu marido foi para outro lugar se trocar e lá fui eu, cheguei no centro obstétrico, o anestesista estava lá, ficou em orientando o tempo todo, lembro de quando entrei na sala estava tocando Eric Clapton da rádio alpha, fiquei mais calma (sim, eu estava nervosa e com medo), logo meu medico chegou e toda a equipe, e começaram, foi tudo muito rápido, a anestesia foi super tranquila, tamparam com aquele pano e logo começaram e meu marido entrou na sala, em questão de 5 mins o Leo nasceu, foi rápido, o anestesista que me falou nasceu, logo depois escutei o chorinho dele, fizeram os procedimentos nele, eu ficava falando eu quero ver, eu quero ver... Ai trouxeram ele pra mim, finalmente eu o conheci, aquela carinha linda, perfeitinha, meu Leo saudável, ele ficou alguns minutos no meu colo, e meu marido do lado... Os dois com cara de bobo, meu marido chorava e fiquei falando com ele.... Foi um momento magico, é muita emoção e amor envolvido. Você carrega por nove meses um serzinho que não temos noção de como será, e de repente ele está ali no seu colo, todo frágil, saudável, naquele momento eu só agradecia a Deus... Ah e tudo isso foi filmado, e ate agora ainda não vi.

Levaram ele de mim, e começou a parte chata, fecharam a minha barriga e fui para a sala de recuperação, eu não parava de tremer, fiquei mais tempo que o necessário, foi muito ruim, eu estava muito nervosa ainda.. Bom depois fui para o quarto, meus pais foram lá, enquanto o marido estava acompanhando o banho do Leo, logo depois meu marido apareceu no quarto... E depois o Leo veio para o quarto também, foi muita emoção ver meu filhotr novamente, com a roupinha que escolhemos para ele... Isso ja era quase 23:00... Dia longo, e muito feliz...

Tenho muito ainda o que escrever, vou deixar para o próximo post, esse ficou enorrrne.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

[Mãe] Última semana de gravidez - 39 semanas

Olá,

Me arrependo agora de não ter escrito na última semana de gravidez, pois o que teria escrito no momento seria mais verdadeiro, talvez com mais emoção, escrever agora já é um misto de outros sentimentos que não será exatamente como eu me sentia.

Se passaram mais de 10 dias, mas o que eu me lembro de sentir era muito cansaço, e enorme... ah e lembro de sentir muita fome, dificuldade de dormir, as idas ao banheiro sempre frequentes, o gosto ruim na boca permanecia, e minhas roupas mesmo as de grávida já não me serviam mais, resumidamente eu não aguentava mais estar grávida, a ansiedade estava tomando conta de mim, mesmo não admitindo. Toda hora eu recebia mensagens no celular perguntando se o Leo já tinha chegado... 

Eu achava que a qualquer momento eu sentir o "sinal" que o Leo iria chegar, qualquer coisinha.. uma dor, o tampão sair, a bolsa estourar, mas eu não sentia nanica de nada, mas sempre pensava que como qualquer hora era hora, naquele momento eu não sentia nada, mas dentro de 30 minutos e podia começar a sentir qualquer coisa.

Completava semanas sempre aos domingos, na semana 39, fui ao médico na terça-feira com 39 semanas e 2 dias, e como eu disse no post anterior, decidimos pela cesárea para a quinta-feira da mesma semana, ou seja, eu não completaria 40 semanas.

Voltei arrasada para casa, pois sempre desejei e tentei o parto normal, achei que poderia, pois minha gestação foi tão tranquila, fiquei muito triste em saber que não poderia ter o parto no qual desejei, mas entreguei nas mãos de Deus e segui em frente, se tinha que ser assim, pois seria melhor para ele e para mim, ok. 

Em casa foi estranho saber que agora tinha hora e data para o Leo nascer, eu ainda tinha esperança de algum sinal aparecer, mas nada, pensávamos que estava tudo pronto e não estava, várias coisinhas tínhamos para ajeitar.. e para passar o tempo e diminuir a ansiedade fiz um monte de coisa, fiz comidas para congelar, arrumei meu guarda-roupas, fizemos compra no mercado, ajeitamos as malas com mais calma, separamos tudo, deixamos o quarto ajeitadinho. Na primeira noite eu dormi bem, na noite da véspera aí sim perdi o sono... muitas coisas passaram pela minha cabeça, aproveitei para me despedir do barrigão, naquele momento eu me sentia cansada, mas sabia que mais para frente teria saudades daquele momento.

Foram mais que nove meses, foram meses especiais... quero me lembrar para sempre desse período mágico na minha vida, não tive problema algum na gravidez, graças a Deus, sim contratempos apareceram, fases chatas de enjôo, dores nas costas, noites mal dormidas, mas só de saber que meu pequeno está agora comigo, valeu muito a pena e faria tudo novamente. Vou sentir falta de ser paparicada, de ter todos os meus desejos atendidos, de sentir o Leo mexer na minha barriga, de preparar o enxoval, de poder protegê-lo na minha barriga, sabendo que ele não poderia correr perigo algum... mas ao mesmo tempo a curiosidade e ansiedade de ver a carinha dele tomava conta de mim já.

E assim acabou meu período de gestação (escrevi esse post e me emocionei demais), no próximo post vou falar sobre o dia do parto, o dia mais feliz da minha vida.

[Mãe] Últimas semanas de gravidez.. e nascimento do Leo

Olá,

Depois de quase um mês sem escrever, decidi voltar com o blog, já estava sentindo falta de escrever e deixar registrado tudo o que tem acontecido.

Sim,  o Leo já nasceu.. faz 10 dias, passa tudo muito rápido, no último post eu ainda falava sobre a última ultrasson se não me falha a memória eu estava com 36 semanas.

Resumidamente o que aconteceu até o Leo nascer foi muita espera, espera e mais espera para o Leo dar algum sinal que já estava na hora de nascer, mas nada, fui ao médico com 37 semanas quase 38 semanas, logo que a copa começou e meu médico me afastou do trabalho, pois já completaria 38 semanas e a qualquer momento o Leo poderia nascer, e também eu estava muito cansada, estava entrando em período meio estressante no trabalho que não seria bom continuar por lá.

Enfim, na semana de 38 semanas, fiquei em casa, assisti todos os jogos da copa, foi a semana do feriado do Corpus Christi, então não fiquei muito tempo sozinha em casa.. aproveitei para descansar mesmo, apesar do barrigão, estar enorme, montei as lembrancinhas da maternidade.

Na semana 39 fui ao médico novamente, e nessa consulta o médico fez o exame de toque, eu achando que já estaria com pelo menos 1cm de dilatação, e nada, colo do útero fechado, grosso e para trás, decidimos ali que o melhor seria a cesárea, sim eu cedi a cesárea e marcamos a data para o dia 26/06.

Ainda tenho muito o que contar, vou separar os posts e escrever aos poucos, senão esse post vai ficar enorme.